DGS retifica erro e concelho de Beja avança no desconfinamento

Cidade de Beja

A Direção-Geral da Saúde emitiu, esta sexta-feira, um comunicado dando conta de um erro nos dados da incidência cumulativa de COVID-19 a 14 dias por 100 000 habitantes, no concelho de Beja.

O erro era referente ao período de 31 de março a 13 de abril de 2021 e que fazia com que o concelho de Beja não avançasse para a terceira fase do desconfinamento.

Assim, segundo a DGS a incidência cumulativa a 14 dias no período referido é assim de 107 casos por 100 000 habitantes.

Deste modo, o concelho de Beja vai poder avançar para a terceira fase do desconfinamento.