Quinta-feira, Agosto 18, 2022
Pub
Pub

DGS recomenda medidas de proteção adicionais face ao aumento da temperatura

- Publicidade -
- Publicidade -

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomendou hoje a adoção de medidas de proteção adicionais nos próximos dias, face ao aumento gradual da temperatura no continente, com “atenção especial” aos grupos mais vulneráveis ao calor.

 “O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê um aumento gradual de temperatura nos próximos dias, podendo as temperaturas máximas atingir os 41 graus Celsius em algumas zonas do país”, alertou a DGS num comunicado publicado no seu `site´.

Entre as recomendações emitidas, a autoridade de saúde salienta a necessidade de dar “atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor”, como crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, praticantes de atividade física e pessoas isoladas.

A DGS aconselha ainda a aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcar e evitar o consumo de bebidas alcoólicas e a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11:00 e as 17:00.

Além disso, devem ser evitadas as atividades desportivas e de lazer no exterior que exijam grandes esforços físicos, escolhidas as horas de menor calor para viajar de carro e os doentes crónicos ou sujeitos a medicação ou dietas específicas devem seguir as recomendações do médico assistente ou do SNS 24.

Para as crianças é recomendado que consumam frequentemente água ou sumos de fruta natural e que permanecem em ambiente fresco e arejado, enquanto as com menos de seis meses não devem estar sujeitas a exposição solar.

A DGS aconselha também a contactar e acompanhar os idosos e outras pessoas que vivam isoladas, devendo ser assegurada a sua correta hidratação e permanência em ambiente fresco e arejado.

Segundo o IPMA, as temperaturas vão subir a partir de quarta-feira em Portugal continental, podendo atingir os 40 graus Celsius na quinta-feira em algumas regiões, levando a um aumento significativo do perigo de incêndio rural.

“Para hoje e amanhã [quarta-feira] as temperaturas máximas vão estar entre os 25 e os 35 graus, mais elevadas no interior, e as mínimas entre os 15 e os 20 graus, mas a partir de quinta-feira temos uma situação diferente, com um aumento da temperatura para valores entre os 35 e os 40, podendo ser superiores em alguns locais principalmente no Vale do Tejo, interior do Alentejo, Algarve e Sotavento algarvio”, adiantou o meteorologista Bruno Café.

De acordo com o meteorologista do IPMA, esta situação de tempo quente, com temperaturas elevadas, deverá manter-se pelo menos até meio do mês.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Bombeiros criticam critérios do Governo para a atribuição de veículos às corporações

O presidente da Liga dos Bombeiros Portugueses, que reuniu ontem com o presidente de uma Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários, criticou os critérios do...

Santiago do Cacém: Peça “Paixão Segundo João” apresentada em Abela

O espetáculo "Paixão Segundo João", de António Tarantino, é apresentado, na sexta-feira e no sábado, em Abela, no concelho de Santiago do Cacém (Setúbal),...