Desfile de grupos corais em Beja celebra sete anos de cante Património da Humanidade

Cante Alentejano

Um desfile com atuação de oito grupos corais do concelho de Beja vai decorrer no sábado, nesta cidade, para comemorar o 7.º aniversário da elevação do cante alentejano a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

 Segundo a promotora, a Câmara de Beja, o desfile vai começar às 10:00 e incluir dois percursos diferentes pela cidade com a participação de quatro grupos corais em cada um.

O percurso 1 vai contar com a participação dos Cantadores de Nossa Senhora das Neves, Grupo Coral Douradas Espigas, Cantadores de Beringel e Grupo Coral Moços da Aldeia.

Os Cantadores do Desassossego, o Grupo Coral Masculino de Mombeja, o Grupo Coral Os Moços do Penedo Gordo e o o Grupo Coral de Baleizão vão participar no percurso 2.

O percurso 1 vai começar no Largo de Santo Amaro, perto do castelo, e o 2 no Largo de D. Nuno Álvares Pereira, junto à Pousada de São Francisco, e ambos vão passar por diferentes artérias da cidade, mas terminar no Jardim do Bacalhau, para um momento final.

O cante alentejano, um canto coletivo, sem recurso a instrumentos, foi classificado, em 27 de novembro de 2014, como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A distinção surgiu na sequência de uma candidatura apresentada pela Câmara de Serpa e pela Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo.