Descarga poluente em ribeira de Portalegre está a ser investigadas pela GNR

GNR

A GNR está a investigar a origem de uma descarga poluente numa ribeira em Portalegre, situação que foi denunciada por populares, disse hoje à agência Lusa fonte daquela força de segurança.

O capitão André Machado, do Comando Territorial de Portalegre da GNR, explicou à Lusa que a situação foi denunciada por populares no domingo, tendo a descarga poluente sido efetuada na Ribeira de Nisa, na freguesia do mesmo nome, no concelho de Portalegre.

A situação foi denunciada cerca das 14:00. A água apresentava, na altura, uma mancha com uma tonalidade esbranquiçada, não provocou espuma, não tinha odor”, relatou.

O oficial explicou ainda que, entretanto, a mancha “desapareceu totalmente”, não deixando “marcas ou qualquer tipo de resíduo” no curso de água.

O capitão André Machado referiu também que os populares relataram às autoridades que, “por vezes”, aos fins de semana, a água costuma ficar “ligeiramente mais turva”.

A GNR está a desenvolver um conjunto de diligências para investigar este caso, nomeadamente para apurar a origem da descarga poluente.

Fonte: Lusa