Crato: Câmara lançou o concurso para execução do Centro Interpretativo do Urbanismo e da História

Obras no Crato

A Câmara Municipal do Crato (Portalegre) lançou, recentemente, o concurso público para a execução do Centro Interpretativo do Urbanismo e da História do Crato.

O procedimento agora lançado tem um valor base de 800 mil euros (+IVA) e prevê um prazo de execução de 1 ano.

Recorde-se que esta obra trata-se da reabilitação do Palácio do Grão-Prior do Crato da Ordem de Malta, um dos edifícios mais icónicos do concelho, onde nascerá o Centro Interpretativo do Urbanismo e História do Crato e Paços do Concelho.

Segundo a autarquia, “o projeto surge lado a lado com a renovação urbanística do largo que o enquadra, a Praça do Município, o primeiro passo num projeto mais ambicioso de requalificação do centro histórico da vila.”

O conjunto das obras está orçamentado num total de 1, 230 milhões de euros, com comparticipação de 80% pelos fundos do Portugal 2020.

A edilidade explica que “a entrada no edifício do Centro Interpretativo irá fazer-se pela famosa varanda do Grão-Prior, o ‘ex-líbris‘ do Crato e um espaço de visita obrigatória. O piso térreo será destinado ao público em geral, com as valências de museologia destinadas ao entendimento da história e evolução urbanístico do concelho. Será ainda possível visitar as salas dedicadas ao megalitismo e povoados iniciais, à fundação e ocupação da região e ainda a Sala dos Carismáticos, no qual se apresentam as figuras mais determinantes da vida do Crato. Já no piso superior estará instalada a sala da assembleia municipal.”

Por outro lado, “o largo exterior será alvo de uma intervenção faseada que assenta em três grandes prioridades: a circulação privilegiada dos peões, a valorização do espaço público e a potenciação da atividade económica e turística. Desta forma, importa assegurar as acessibilidades reduzidas, os transportes urbanos e de emergência, bem como a viabilização do comércio local, sem nunca esquecer a população que habita no centro histórico”, acrescenta ainda a autarquia.

Com estas obras, a Câmara do Crato tem como objetivo “a regulamentação e modernização do parqueamento automóvel. A renovação de três espaços para estacionamento público nas zonas Norte, Sul e Oeste da vila irá permitir retirar o parqueamento da Praça do Município, possibilitando que o largo se transforme num local de lazer, comércio e turismo.”