Covid-19: Os importantes conselhos e explicações do Responsável pelo Grupo de Prevenção e Controlo de Infecção do Hospital de Évora

Hospital de Évora

O Médico Responsável pelo grupo de prevenção e controlo de infeção do Hospital do Espírito Santo de Évora, Dr. Manuel Carvalho, acaba de vir a público deixar algumas explicações e recomendações.

O responsável começa por explicar que “a pneumonia causada pelo coronavírus é uma doença que se transmite principalmente por via respiratória. Quem está doente, quando fala ou tosse, emite gotículas de saliva que podem transmitir a doença.”

Explica também, que “estas gotículas, que em linguagem popular chamamos perdigotos, ao atingir a boca ou nariz de outra pessoa podem carregar o vírus e são a principal forma de contágio. Estes perdigotos viajam no ar, no máximo a um metro de distância.”

Por este facto, “esta doença é muito transmissível, mas também facilmente evitável. Basta criarmos uma distância social mínima entre 1 a 2 metros entre as pessoas, sempre e em todas as situações”, explica ainda o Dr. Manuel Carvalho.

Só mantendo essa distância, “não vamos receber na boca, os perdigotos emitidos pelas outras pessoas”, refere ainda o responsável pelo Grupo Controlo de Infecção do Hospital de Évora.

Conclui dizendo que “esta medida, tão simples, é a mais eficaz para evitarmos que esta doença nos atinja.”

Cabe a todos nós implementá-la para debelar esta doença.