Covid-19: Hospital de Évora terá demorado três dias para avisar família da morte de idoso

Hospital de Évora

O corpo de uma das vítimas da Covid-19, terá esperado três dias na morgue do Hospital do Espírito Santo de Évora, sem que a família fosse avisada.

Segundo conseguimos apurar, junto de um familiar, o idoso era um dos casos positivos de Covid-19 do Lar de Reguengos de Monsaraz, tendo sido hospitalizado no sábado, e com o agravamento do seu estado de saúde, acabou por falecer no domingo (5 de Julho).

No entanto, a família só foi informada do falecimento quarta-feira, ou seja, três dias depois.

Segundo a familiar, “durante todos estes dias ligámos para o hospital, a informação que nos era dada, é que ele estava no internamento do Covid e estava estável”.

ODigital.pt já contactou o Hospital de Évora a fim de esclarecer esta situação e perceber o que poderá ter acontecido, mas até ao momento não nos foi dada resposta

Recordamos que actualmente o concelho de Reguengos de Monsaraz regista 16 óbitos e 131 casos activos.