Covid-19: Estado-Maior-General das Forças Armadas pede voluntários para as Forças Armadas

Foi através de um comunicado emitido, esta quinta-feira, pelo Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA), que é feito um pedido de voluntários para as Forças Armadas.

No comunicado emanado pelo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, pode ler-se que “face à realidade que o país está a viver, associada à propagação do vírus COVID-19, o Estado-Maior-General das Forças Armadas aceita inscrições de voluntários da Família Militar (militares na reserva e na reforma e respetivos familiares, bem como civis e ex-militares que se identifiquem com a instituição e/ou respetivos familiares) que pretendam auxiliar as Forças Armadas, nas ações que estas vão desenvolver em apoio dos Portugueses, em reforço do Serviço Nacional de Saúde (SNS).”

No comunicado é ainda referido que “os médicos, farmacêuticos, enfermeiros, psicólogos, técnicos auxiliares de ação médica, entre outros profissionais de saúde, que estejam disponíveis para participar nesta iniciativa, poderão manifestar essa intenção junto do EMGFA, sendo oportunamente contactados”, acrescentando que “serão ainda considerados voluntários com outra formação/experiência, para emprego em diferentes funções de apoio.”

Os principais locais de atuação dos voluntários serão as unidades militares abaixo indicadas, onde estarão disponíveis 2300 camas para apoio ao SNS:

Marinha

Base Naval de Lisboa – Alfeite

Exército

Regimento de Cavalaria N.º 6 – Braga

Regimento de Transmissões – Porto

Regimento de Artilharia N.º 4 – Leiria

Escola de Sargentos do Exército – Caldas da Rainha

Regimento de Lanceiros N.º 2 – Lisboa

Regimento de Transportes – Lisboa

Regimento de Infantaria N.º 1 – Beja

Regimento de Artilharia N.º 5 – Vendas Novas

Regimento de Guarnição N.º 1 – Angra do Heroísmo, Açores

Unidade de apoio – Ponta Delgada, Açores

Regimento de Guarnição N.º 3 – Funchal, Madeira

 

Força Aérea

Base Aérea N.º 5 – Monte Real

Base Aérea N.º 6 – Montijo

Base Aérea N.º 1 – Sintra

Academia da Força Aérea – Sintra

Campo de Tiro – Alcochete

Centro de Formação Militar e Técnica da Força Aérea – Ota

Desta forma, todos aqueles que pretendam voluntariar-se nos moldes acima descritos, devem enviar um email indicando essa intenção, com os seguintes dados:

Nome;

Data de nascimento;

Morada;

Número de telefone;

Formação;

Experiência profissional;

Ligação às Forças Armadas.

Email para envio da informação: emgfa_rp@emgfa.pt​