Conheça as 20 concorrentes alentejanas às 7 Maravilhas de Portugal – Nova Gastronomia

7 Maravilhas

A Organização das 7 Maravilhas de Portugal reforça junto dos portugueses a importância de se experimentar Portugal como o “Melhor País do Mundo para Comer”, quer pelos restaurantes, quer pelas cozinheiras e cozinheiros criativos, quer pela qualidade da nossa produção.

Depois da Organização das 7 Maravilhas de Portugal ter recebido a sugestão de 1147 candidaturas dedicadas à Nova gastronomia, o Painel de Especialistas composto por 140 elementos de todos os 18 distritos e 2 regiões autónomas, teve a função de efetuar a primeira seleção dos estabelecimentos, reduzindo a lista para 7 restaurantes e chefes candidatos por distrito e regiões autónomas em cada uma das 7 categorias.

Os candidatos estão organizados a partir de 7 Categorias, que expressam as várias opções de iguarias da Nova Gastronomia, tendo em conta não só a tradição que temos em Portugal, mas colocando igualmente nos pratos da balança, novas opções gastronómicas, que traduzem as escolhas de segmentos da população cada vez mais alargados e onde se afirma uma preocupação cada vez mais notória com a saúde pública e com a sustentabilidade alimentar. Entendendo-se por iguarias a comida requintada e saborosa, por extensão, qualquer comida bem confecionada.

As categorias a concurso são: Petiscos, Vegetariana, Vegana, Peixe e Marisco, Carne, Cozinha Molecular e Doçaria.

10 Anos depois da emblemática eleição das 7 Maravilhas da Gastronomia onde honrámos a tradição do nosso receituário, Portugal mudou, e fez evoluir a sua Gastronomia baseada na nossa tradição culinária e na riqueza e frescura dos produtos dos nossos territórios.” explicou Luis Segadães, presidente das 7 Maravilhas®.

Em 2021 vamos eleger uma gastronomia nova, inspirada na tradição, mas baseada nos produtos endógenos de cada região, onde observamos novos conceitos ao nível da apresentação, da utilização dos ingredientes mais saudáveis e promovendo maior sustentabilidade alimentar. Desde sempre que os Portugueses valorizaram o “estar à mesa”. Comer é um ato social único, uma alegria imensa, uma felicidade simples e fácil de obter que, mesmo nos tempos difíceis de hoje, não queremos abdicar. As nossas cozinheiras e cozinheiros de “mão cheia” alimentaram essa tradição de comer bem em casa, e fizeram-se depois, estrelas dos restaurantes únicos que encontramos por todos os cantos de Portugal, como em mais nenhum outro lugar do mundo.” acrescentou.

As 140 Iguarias Finalistas Regionais serão apresentadas amanhã, 8 de julho, por Sónia Araújo e José Carlos Malato, a partir da Maia, numa emissão da RTP 1, à qual se junta a repórter Rita Belinha e que poderá acompanhar ao longo do dia.

A partir de 12 de julho terão lugar as respetivas eliminatórias regionais num total de 14 programas transmitidos em direto no daytime da RTP, a partir de várias regiões do país, onde serão apurados 7 candidatos por categoria, num total de 49 pré-finalistas.

Também a partir desta data estará à venda, em banca com o Jornal Público e nos Postos de Abastecimento Cepsa, o Guia Oficial das 7 Maravilhas da Nova Gastronomia® para nos levar à descoberta dos novos sabores de Portugal.

A 1a edição será sobre as 140 iguarias de 140 chefs, que participam no concurso, com 140 harmonizações de vinho, que vão surpreender e deliciar.

Das 140 Iguarias Finalistas Regionais, 20 são da região Alentejo. Fique com a lista completa: