Concertos, circo e arte urbana no Festival Sete Sóis Sete Luas em Castro Verde

setes Sois

Concertos, uma gala internacional de acordeão, circo acrobático humorístico e arte urbana vão marcar o 29.º Festival Sete Sóis Sete Luas na vila alentejana de Castro Verde, no distrito de Beja, em setembro, foi divulgado.

Segundo a Câmara de Castro Verde, a programação do festival na vila, com “diferentes formas de expressão cultural do Mediterrâneo e do mundo lusófono”, vai decorrer entre os dias 03 e 05, no anfiteatro e no cineteatro municipais e na Praça da República.

O festival começa no dia 03, às 21:30, no Anfiteatro Municipal de Castro Verde, com um concerto da nova produção original do festival, a Maio 7Luas Band, que reúne seis músicos que tocam um repertório tradicional, composições originais e novos arranjos inspirados na cultura da ilha cabo-verdiana do Maio.

Segue-se, no dia 04, também às 21:30, no mesmo local, um concerto original de outra produção do festival, o Med Arab 7Sóis Ensemble, dirigido pelo compositor e guitarrista português José Barros.

O ensemble reúne músicos de cinco países do Mediterrâneo, nomeadamente França (ilha da Córsega), Espanha, Grécia, Marrocos e Portugal, entre os quais figura Gabriel Costa, de Castro Verde.

No dia 05, a fechar o festival, vai decorrer, também às 21:30, no anfiteatro, a 30.ª Gala Internacional do Acordeão, que juntará em palco vários executantes portugueses e estrangeiros, como o campeão do mundo, Peter Maric.

Ainda na área da música, o festival vai incluir, no da 04, no cineteatro municipal, duas ‘masterclasses’, uma com José Barros, às 15:00, e outra com o músico Christophe Mondoloni, da Córsega, às 16:00.

A Praça da República vai ser palco de um mercadinho, no dia 04, e de um espetáculo de circo aéreo acrobático humorístico da companhia francesa Les P’tits Brás.

O espetáculo “Bruits de Coulisses”, a mais recente produção da companhia, “inspira-se no universo barroco e convida o público a entrar num ambiente teatral do século XVII, onde o sonho e a realidade se confundem, num misto de fantasia, poesia e humor”, explica o município.

A anteceder o festival, entre este sábado e o dia 01 de setembro, os artistas luxemburgueses Raphael Gindt e Daniel Mac Lloyd vão participar numa residência artística em Castro Verde para criarem duas obras de arte urbana.

De acordo com o município, as obras, “de grande dimensão e inspiradas no património e na identidade do concelho”, deverão ser apresentadas durante o festival.

A edição deste ano do Festival Sete Sóis Sete Luas é promovida por uma rede cultural composta por 30 cidades de 10 países do mediterrâneo e do mundo lusófono onde decorre, nomeadamente Brasil, Cabo Verde, Croácia, Eslovénia, Espanha, França, Itália, Marrocos, Portugal, Tunísia.