Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo faz obras de 845 mil euros na sede

Obras na CIMAA

A Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA) vai investir 845 mil euros na reabilitação do edifício onde funciona a sua sede, em Portalegre, para “dar cada vez melhor resposta” na sua missão, foi hoje divulgado.

Numa nota publicada na página de Internet na CIMAA, é explicado que as obras vão servir para “dar cada vez melhor resposta na sua missão” junto dos municípios, na sequência do “acréscimo” que teve nas suas “responsabilidades e competências”.

A CIMAA, que representa os 15 concelhos que compõem o distrito de Portalegre, indica que o auto de consignação da empreitada já foi assinado, na terça-feira, e que o valor da obra, num investimento de 845 mil euros, conta com o “apoio” dos municípios associados.

Fonte da CIMAA disse à agência Lusa que as obras têm início previsto para o dia 23 deste mês, devendo ficar concluídas no prazo de 10 meses.

Citado na nota, o presidente da CIMAA, Hugo Hilário, explica tratar-se de uma “intervenção estruturante, não apenas fisicamente, na sede, mas de toda a atividade da comunidade intermunicipal”.

A sede da CIMAA passou também a acolher as instalações do polo de Portalegre da Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo (ADRAL), da Agência Regional de Eficiência Energética do Alentejo (AREANATEJO) e dos serviços de informática.

Nos últimos tempos, a CIMAA passou a garantir as responsabilidades de autoridade de transportes, no âmbito do novo Regime Jurídico do Serviço Público de Transporte de Passageiros, a constituição da Empresa Intermunicipal das Águas do Alto Alentejo e a promoção da concretização da barragem do Pisão, no Crato.

A CIMAA é ainda responsável pela constituição do gabinete técnico florestal e pelas brigadas de sapadores florestais, a que se somam ainda novas responsabilidades no âmbito da transferência de competências do Governo para as autarquias.