Quinta-feira, Dezembro 8, 2022
Pub

Certificação de turismo “Biosphere” para quase 50 alojamentos no Alentejo

- Publicidade -
- Publicidade -

Quase 50 unidades de turismo rural e de habitação e a rede de percursos pedestres “Alentejo Feel Nature” recebem, esta quarta-feira, certificados “Biosphere” atribuídos pela Entidade Regional de Turismo (ERT) do Alentejo e Ribatejo.

O presidente da ERT do Alentejo e Ribatejo, Vítor Silva, explicou à agência Lusa que vão ser entregues os certificados “Biosphere Responsible Tourism” a 26 unidades de turismo rural e de habitação da região que “já concluíram todo o processo de implementação” deste projeto.

O processo engloba a implementação de medidas que visam um comportamento sustentável, nomeadamente ao nível da gestão do negócio, preservação do património cultural, participação no desenvolvimento económico e social dos destinos e utilização eficiente dos recursos e do ambiente.

Na mesma cerimónia, vão ser entregues certificados de comprometimento “Biosphere” aos outros 20 alojamentos, todos no distrito de Portalegre e ligados à rede de percursos pedestres “Alentejo Feel Nature”, abrangida pela mesma certificação.

Estas 20 unidades turísticas associadas à rede de percursos, da Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo (CIMAA), estão a terminar “a aplicação de alguns dos requisitos” do “Biosphere Responsible Tourism”, disse Vítor Silva.

A cerimónia de entrega dos certificados está agendada para as 09:30 de quarta-feira, na Escola de Hotelaria e Turismo de Portalegre, indicou a ERT, em comunicado enviado às redações.

Em comunicado também divulgado, a CIMAA explicou que a rede “Alentejo Feel Nature” cruza os 15 municípios do distrito de Portalegre e abarca mais de 527 quilómetros de percursos pedestres, nomeadamente 38 percursos de pequena rota (mais de 401 quilómetros) e três percursos de grande rota (126 quilómetros).

O projeto desenvolve-se, “total ou parcialmente”, em espaços classificados como áreas protegidas ou integrados na Rede Natura 2000.

Com os percursos “devidamente sinalizados”, podendo ser percorridos nos dois sentidos, “preferencialmente entre os meses de setembro a junho”, o “Alentejo Feel Nature” está integrado no projeto “Alto Alentejo InMotion”, para “promover e divulgar” os produtos endógenos daquela região.

O certificado “Biosphere Responsible Tourism”, segundo a ERT do Alentejo e do Ribatejo, é um documento reconhecido por entidades como a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), a Organização Mundial de Turismo e a Global Sustainable Tourism Council.

De acordo com Vítor Silva, é “importante” a atribuição destes certificados porque “há muitos turistas que se preocupam com a questão da certificação ambiental, no âmbito da biosfera”.

A questão do turismo responsável, da sustentabilidade, são coisas que cada vez preocupam mais os turistas. Há muitos turistas que escolhem, preferencialmente, destinos, alojamentos ou empresas de animação que tenham este certificado”, explicou.

Desde que foi implementado, o certificado “Biosphere Responsible Tourism” já foi atribuído pela ERT do Alentejo e Ribatejo a 40 hotéis no território.

O objetivo é certificar toda a cadeia de valor”, como restaurantes, hotéis ou empresas de animação turística, até “podermos consideramos que o território no seu conjunto é um território certificado”, acrescentou.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Vila Viçosa: Apesar da chuva centenas de pessoas celebraram o Dia de Nossa Senhora da Conceição (c/fotos)

Na manhã desta quinta-feira, 8 de Dezembro, celebrou-se no Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição, em Vila Viçosa, Eucaristia da Solenidade da Imaculada...

Assembleia Municipal de Castro Verde aprova desagregação de união de freguesias

A Assembleia Municipal de Castro Verde (Beja) aprovou, “por unanimidade e aclamação”, um parecer que defende a desagregação da União de Freguesias de Castro...