Censos 2021: INE recebeu 60 mil candidaturas. Autarquias escolhem agora os recenseadores

Censos 2021

O Instituto Nacional de Estatística (INE) encerrou o prazo para apresentação de candidaturas a recenseador.

O INE recebeu cerca de 60 mil candidaturas a nível nacional.

A seleção de recenseadores será efetuada pelas autarquias locais durante o mês de março, sendo convocados para entrevistas de seleção apenas os candidatos que melhor se enquadram nos requisitos definidos.

Após a seleção, os recenseadores vão adquirir o conjunto de conhecimentos necessários ao desempenho das suas funções nos Censos 2021.

Os Censos 2021 terão início no próximo mês de abril e serão realizados preferencialmente pela Internet. A partir de 5 de abril, todos os alojamentos vão receber uma carta com a informação necessária para a resposta aos Censos 2021 pela Internet distribuídas pelos recenseadores.

Face ao contexto epidemiológico o INE definiu um Plano de Contingência para a realização dos Censos 2021, de modo a prevenir riscos para a população, recenseadores e demais colaboradores, bem como garantir a qualidade da execução da operação estatística, que contempla:

– Uma estratégia que reforça a opção pela recolha de informação através da Internet, com apoio à população através de uma linha telefónica;

– A possibilidade da resposta telefónica dirigida essencialmente a grupos da população com maior dificuldade na resposta pela Internet ou impedidos de contacto presencial, nomeadamente por razões de saúde pública;

– O cumprimento de um rigoroso Protocolo de Saúde Pública, que descreve as medidas de segurança a aplicar nos casos em que seja necessário o contato presencial junto da população, seguindo as recomendações das autoridades de saúde pública.