Cavalos Alter Real voltam a dar espectáculo, a partir de segunda-feira, na Escola Portuguesa de Arte Equestre

Foto: Arquivo

Depois de várias semanas encerrada ao público, a Escola Portuguesa de Arte Equestre reabre na próxima 2ª. feira, dia 1 de Junho, às 11h, com um espectáculo alusivo ao dia da Criança.

Este espectáculo, será a primeira apresentação pública após o período de encerramento a que esteve forçada no âmbito das medidas de prevenção da COVID-19 aplicadas a salas de espectáculos/eventos culturais.

A Escola Portuguesa de Arte Equestre esclarece que “uma vez que a iniciativa tem uma parte ao ar livre e outra em sala de espectáculo (o Picadeiro Henrique Calado) serão aplicadas todas as medidas emanadas pelo Ministério da Cultura.”

Revela que “neste evento serão levadas a efeito todas as medidas de prevenção, nomeadamente uso obrigatório de máscara por parte dos espectadores, distanciamento físico (tanto no exterior, como no interior); separação de lugares (existência de cadeiras livres por forma a assegurar o distanciamento físico); cumprimento das normas de higienização.

De recordar que a Escola Portuguesa de Arte Equestre, integrada na Parques de Sintra-Monte da Lua, S.A. tem o selo “Clean & Safe”, emitido pelo Turismo de Portugal.

Relativamente ao espectáculo de segunda-feira, o “Crininhas vai para a Escola”, é uma história ficcionada dedicada ao público mais jovem, especialmente concebida para dar a conhecer às crianças o universo da Alta Escola Equestre portuguesa.

Acompanhando a história do Crininhas, um jovem cavalo Lusitano que nasceu na Coudelaria de Alter e que chega à Escola Portuguesa de Arte Equestre para fazer a sua aprendizagem, o público fica a conhecer melhor esta arte e os exercícios que os cavalos e os cavaleiros praticavam no tempo dos reis e das rainhas. Ao mesmo tempo, evocam-se valores importantes como a família, a amizade, a disciplina, a entreajuda e o espírito de sacrifício.

O programa tem início com uma visita às cavalariças do Páteo da Nora, onde as crianças e suas famílias podem interagir com cavalos e cavaleiros, seguindo-se o espectáculo no Picadeiro Henrique Calado.

A entrada é livre para crianças até aos 12 anos, mediante inscrição prévia através do e-mail arteequestre@parquesdesintra.pt , e limitada à lotação do espaço, devidamente adaptado às medidas de redução de risco de contágio pela COVID 19.