Causam desacatos junto a restaurante entre Borba e Estremoz e depois tentam atropelar um militar da GNR

ocorrências da GNR

Um militar da Guarda Nacional Republicana foi, este domingo, algo de uma tentativa de atropelamento, na sequência de desacatos ocorridos num estabelecimento de restauração localizado junto à Estrada Nacional 4, no concelho de Borba.

Tudo aconteceu na tarde deste domingo, quando um grupo de seis indivíduos causou desacatos e furtou um estabelecimento de restauração localizado junto à Estrada Nacional 4, no concelho de Borba, tendo este grupo agredido ainda o funcionário do estabelecimento.

Sabemos ainda que este grupo terá furtado o dinheiro que estava na caixa registadora do restaurante.

Segundo fonte do Comando de Évora da GNR, as autoridades foram chamadas a “responder a uma ocorrência de desacatos provocados por seis indivíduos junto ao restaurante “O Viajante””.

A mesma fonte adianta-nos ainda que “foram acionados diversos meios para a zona, tendo os primeiros militares a ocorrer à mesma sido alvo de tentativa de atropelamento, na sequência da ação operacional foi identificado um dos seis indivíduos que estavam a efetuar os desacatos.”

Após ser desencadeada uma operação de captura do grupo de indivíduos, “foi localizada, já na cidade de Estremoz, a viatura que foi utilizada na tentativa de atropelamento estando a Guarda a tomar as medidas necessárias à identificação de todos os envolvidos na ocorrência”, adiantou ainda a fonte.

De salientar ainda que já em Estremoz, a Guarda Nacional Republicana contou com o apoio da Policia de Segurança Pública.

Ao que conseguimos apurar este grupo de indivíduos poderá estar ligado a famílias que vivem no Bairro das Quintinhas, em Estremoz.