Casal cadastrado volta a ser detido pela GNR por alegadamente burlar idoso de 84 anos, em Sines

A Guarda Nacional Republicana, através do Posto Territorial de Santiago do Cacém, no passado dia 20 de setembro, deteve um homem, de 68 anos, e uma mulher, de 64 anos, por posse de arma ilegal e por suspeita de terem burlado um idoso, em Sines.

Segundo a GNR, “os suspeitos abordaram, na via pública, um idoso de 84 anos, em Sines, supostamente para lhe vender peças de roupa, acabando este por ser ludibriado e burlado, conseguindo os indivíduos levar-lhe o dinheiro que tinha na sua posse.”

A Força de Segurança acrescenta ainda que “após ter sido dado conhecimento à GNR, foi efetuada uma operação policial no sentido de localizar os indivíduos suspeitos, tendo sido intercetados na localidade de Santiago do Cacém.”

Esta ação permitiu apreender o veículo utilizado pelos suspeitos, 82 peças de roupa e 300 euros em numerário. Durante a busca realizada ao veículo foi detetada na zona do motor, de forma dissimulada, uma arma de fogo transformada e três munições.

O homem, de 68 anos, tem antecedentes criminais pela prática do crime de homicídio e roubo, tendo cumprido pena de prisão, e a mulher, de 64 anos, também já cumpriu pena por tráfico de estupefacientes e furtos.

Os suspeitos foram constituídos arguidos e sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.