Campo Maior recebe investimento de cerca de 1 milhão de euros para criar Centro de Inteligência Competitiva

Na sequência de uma parceria entre o Município de Campo Maior, o Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação, a Nova Information Management School, da Universidade Nova de Lisboa e o Instituto Politécnico de Portalegre, irá ser criado nesta localidade do distrito de Portalegre um Centro de Inteligência Competitiva (CIC).

Segundo o Município de Campo Maior, “o CIC é um projecto de I&I (Investigação e Inovação) à escala do Alentejo, centrado na valorização do conhecimento, pelos dados e a sua transferência para a actividade económica e empresarial dos sectores e fileiras dos recursos endógenos, com vista ao desenvolvimento tecnológico das empresas, à sua internacionalização e à promoção da competitividade nos mercados nacionais e internacionais.”

A autarquia acrescenta ainda que “pretende-se, através da análise e gestão de informação e da ciência dos dados, de forma analítica, criar uma vantagem competitiva, transferindo este conhecimento para as empresas, processando-se no desenvolvimento tecnológico dos seus produtos e serviços, adaptando-os a novos padrões de procura e tendências de mercado, seja por exemplo uma nova embalagem, uma utilização diferenciadora do produto ou até uma nova solução de armazenagem.”

Este Centro irá ser instalado na Antiga Escola da Cooperativa, o que pressupõe uma intervenção de requalificação do edifício, por empreitada de obras públicas. Estes trabalhos vão incidir na reformulação da compartimentação interior com a requalificação de pavimentos, revestimentos, instalações sanitárias, redes eléctricas e de comunicações, abastecimento de águas, redes de águas pluviais, alteração de coberturas e requalificação do espaço exterior.

Está ainda prevista a aquisição de mobiliário, equipamento informático e de tecnologias de investigação.

Este é um projecto cofinanciado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo – Alentejo 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), representa um investimento total de 991.954,56 €, financiado a 85%, com o Município a assegurar o valor da contrapartida nacional no valor de 148.793,18 €.