Câmara de Vila Viçosa precisa de mais 400 mil euros para recuperar cineteatro

Cineateatro Florbela Espanca em Vila Viçosa

O Cineteatro Florbela Espanca, em Vila Viçosa (Évora) e fechado há nove anos, está em obras, mas como ODigital.pt já tinha noticiado, a câmara precisa de mais 400 mil euros para concluir a reabilitação, confirmou hoje o autarca local.

O presidente do município, Inácio Esperança, indicou hoje à agência Lusa que a autarquia está a “tentar financiamento, através de fundos comunitários”, para concluir os trabalhos e adquirir equipamento para a única sala de espetáculos da vila.

Na recuperação do cineteatro, que está a decorrer, “não estão incluídos a reparação de uma parte do telhado, os ‘foyers’, os sanitários, portas, janelas, cadeiras, a tela de projeção, as telas de cenários, a máquina de projeção, o sistema de som e a pintura interior e exterior do edifício”, disse.

Estas obras e o equipamento, num investimento estimado em cerca de 400 mil euros, “não estavam na candidatura apresentada a fundos comunitários” pelo anterior executivo, segundo o autarca.

Por isso, “não existe financiamento” para concluir os trabalhos e para o equipamento, acrescentou.

Inácio Esperança referiu que prevê que a obra deve ficar concluída em 2022, sendo intenção do município que o cineteatro possa reabrir no início de 2023.

A recuperação do equipamento cultural iniciada este ano, na gestão da anterior câmara municipal, liderada pela CDU, foi adjudicada por 613.662,95 euros, acrescido de IVA, com uma comparticipação de 85% de fundos comunitários.

No entanto, explicou a autarquia, “este valor abrange somente o sistema de aquecimento, ventilação, ar condicionado e a reabilitação da cobertura”.

O cineteatro alentejano, com 64 anos de existência, está encerrado para espetáculos há nove anos, embora algumas salas e espaços continuem a ser utilizados para exposições e reuniões. 

Inaugurado a 29 de julho de 1957, o cineteatro é considerado pela autarquia como um “espaço de grande importância” para Vila Viçosa, situado numa das principais artérias da localidade.