Câmara de Sines encerrou jardim devido a infestação de lagartas do pinheiro

Lagarta do Pinheiro

A Câmara Municipal de Sines encerrou, esta semana, um dos jardins da cidade devido a uma infestação por processionária do pinheiro.

Assim, a autarquia encerrou por tempo indeterminado o jardim da Alameda da Paz.

Explica a Autarquia que “as processionárias, ou lagartas do pinheiro, têm efeitos nocivos nos humanos e nos animais domésticos, pelo que se apela à população para que, nesta fase, não utilize aquele jardim, que se encontra vedado.”

Refere ainda a edilidade que “o município irá levar a cabo uma desinfestação do jardim da Alameda da Paz e de outros pontos da cidade onde foi identificada a existência de processionária do pinheiro.”