Câmara de Portalegre avança para a construção de uma Incubadora de Empresas não Tecnológicas

A Câmara Municipal de Portalegre assinou, esta segunda-feira, com a empresa Wikibuild, o auto de consignação para a empreitada da Incubadora de Empresas não Tecnológicas.

A incubadora ficará instalada na antiga Sociedade Vintém, que também funcionou como Arquivo Municipal, no Largo Serpa Pinto, a Incubadora de Empresas não Tecnológicas permitirá também a conservação do património do Município, mantendo a arquitetura deste emblemático edifício e respeitando o contexto patrimonial que o envolve.

A Autarquia explica que esta obra está “enquadrada na política do Município de renovação urbana e de revitalização do património na Zona Histórica da cidade, esta intervenção tem como objetivo criar uma incubadora de artes, capaz de gerar as condições necessárias ao aparecimento de novas unidades empresariais de caráter inovador e capacitar eventuais agentes empreendedores, locais ou não, que se queiram estabelecer em Portalegre.”

“O tecido económico da cidade será fortalecido, captando investimentos e criando as condições necessárias para a instalação de pequenas e médias empresas e para o aparecimento de novos investidores”, acrescenta ainda a edilidade.

A empreitada, cofinanciada pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), através do Alentejo 2020 – PORA, terá o valor de € 729.690,85 (a que acresce IVA à taxa legal em vigor) e um prazo de execução de 365 dias.