Câmara de Arraiolos adquire palácio histórico para projeto de valorização das Bandas Filarmónicas

Arraiolos

A Câmara Municipal de Arraiolos anunciou, esta quinta-feira, que vai adquirir o antigo Palácio dos Condes de Vimieiro para o recuperar e aí instalar um polo cultural.

Segundo a autarquia, trata-se de um projeto de musealização sobre as filarmónicas, de âmbito nacional, considerando a tradição da Vila de Vimieiro – terra de música e de músicos – é uma das valências culturais a implementar na requalificação e recuperação do antigo Palácio dos Condes de Vimieiro, perpetuando saberes e memórias das bandas de música.

Ainda de acordo com a informação revelada, no passado dia 14 de junho de 2021, em Vimieiro, foi assinado entre a Câmara Municipal de Arraiolos e a Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro, o contrato de promessa de compra e venda do Palácio dos Condes de Vimieiro, sendo que a aquisição pela Câmara Municipal constitui a resposta necessária e o caminho mais adequado, para a requalificação do imóvel, que se encontra em ruína.

O ato público contou com a presença dos órgãos sociais da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro, representantes das Sociedades Filarmónicas, da Junta de Freguesia de Vimieiro e dos vereadores com pelouros.

Sílvia Pinto, Presidente da Câmara Municipal realçou a importância histórica e cultural do Palácio dos Condes de Vimieiro, “o objetivo da Câmara Municipal de reconstruir o edifício, repor a sua dignidade como local de cultura, com especial relevo para a música”.

Sílvia Pinto considerou este “momento de grande relevância para a vida cultural da Freguesia de Vimieiro e do concelho de Arraiolos”.

Referindo-se “à vila de Vimieiro como «terra de música e de músicos», informou que se pretende promover um projeto de dimensão nacional, com a criação de um espaço museológico sobre a música filarmónica com uma componente de formação musical que permita preservar os saberes e tradições nesta área e, simultaneamente, a realização de «residências artísticas», bem como a construção de um auditório onde as artes da música e da palavra tenham lugar, valorizando o ensino da música, a realização de workshops e outras valências que o plano final deverá integrar.”