Cadastrados apanhados pela GNR por alegado furto de um barco de 35m€ em Ponte de Sor

Barco recuperado

A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Coruche, no dia 22 de junho, deteve um homem de 35 anos e identificou três homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 34 e os 40 anos, no concelho de Salvaterra de Magos, por furto de um barco em Ponte de Sor.

Segundo relata a GNR, “na sequência de diligências de investigação por um furto que teve lugar no dia 22 de junho, no concelho de Ponte Sor, os militares da Guarda apuraram que os suspeitos efetuaram o arrombamento da vedação e do portão de uma propriedade para acederem a um armazém, de onde subtraíram uma embarcação de recreio e o respetivo atrelado de transporte, no valor estimado de 35 mil euros.”

Ainda segundo a mesma fonte, “no seguimento da ação a Guarda identificou e localizou os suspeitos que foram surpreendidos na posse dos bens furtados, os quais foram apreendidos, assim como a viatura utilizada para perpetrar o ilícito.”

Verificou a GNR, no decorrer da operação, que “um dos suspeitos tinha um mandado de detenção pendente para ser presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Benavente, por furto de dois motores de automóveis, na localidade de Samora Correia, pelo que foi detido.”

Já os “outros quatro suspeitos, com antecedentes criminais por tráfico de estupefacientes, furto, extorsão, sequestro e roubo com arma branca, roubo a posto de abastecimento de combustível, com recurso a arma de fogo, foram constituídos arguidos, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Ponte de Sor”, indicou a GNR

Os bens recuperados foram devolvidos ao legítimo proprietário.

Esta ação contou com o reforço do Núcleo de Apoio Operativo (NAO) de Santarém, do Posto Territorial de Marinhais e do Destacamento Territorial de Ponte de Sor.