Borba: Lembrar a Batalha de Montes Claros é “sinal de respeito pela nossa memória, pela nossa história” (c/fotos)

Batalha de Montes Claros

O Município de Borba iniciou esta manhã as comemorações dos 356 anos da Batalha de Montes Claros.

Foi junto ao Padrão de Montes Claros, que o executivo da Câmara de Borba e um representante da Junta de Freguesia de Rio de Moinhos depositaram coroas de flores e homenagem a todos aqueles que combateram nesta batalha.

Em declarações aos jornalistas, António Anselmo, presidente da Câmara Municipal de Borba, disse que “este gesto simbólico que aqui realizamos é um sinal de respeito pela nossa memória, pela nossa história e principalmente lembrar uma altura que foi extremamente importante para Portugal”, pois, “se pensarmos bem, o que Portugal é hoje deve-se a esta que foi a grande Batalha de Montes Claros”.

O Autarca explicou que “atendendo à pandemia, as cerimónias militares com a dignidade que deviam ter não se puderam realizar, mas a Câmara entendeu que nunca podemos esquecer a nossa memória e a nossa história e, este gesto simbólico das duas coroas de flores homenageiam todos aqueles que morreram e que lutaram por Portugal principalmente nesta batalha”.

Recorde-se que as comemorações continuam, esta quinta-feira pelas 21.30 horas, com um espetáculo musical de Olinda Moriano, Ricardo Ventura e João Carriço, na Praça da República de Borba. Já sábado, dia 19 de junho, decorrerá a inauguração do Centro de Cycling de Rio de Moinhos a partir das 10 horas, sendo que pelas 21.30 horas há “Contos com Jorge Serafim” na Praça da República de Borba.

As celebrações desta data terminam no domingo, dia 20 de junho, com o Passeio Pedestre “À Descoberta da Arqueologia em Rio de Moinhos” uma iniciativa que conta com a participação do arqueólogo Manuel Calado.

Fique com as imagens da cerimónia junto ao Padrão da Batalha de Montes Claros, numa reportagem de Hugo Calado e Joana Cardoso: