Borba: Festa da Vinha e do Vinho já iniciou para promover “um dos setores mais importantes do concelho” (c/fotos)

Festa da Vinha e do Vinho

A 29.ª edição da Festa da Vinha e do Vinho iniciou, esta manhã, em Borba, no distrito de Évora, com destaque para os produtores do concelho.

O certame, dedicado ao vinho e à vinha, que não se realizou em 2020 devido à pandemia de covid-19, recebe habitualmente milhares de visitantes e vai decorrer até ao dia 14 deste mês, no pavilhão de eventos da cidade, com entrada livre.

A sessão de inauguração ocorreu, esta manhã, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Borba, António Anselmo, o presidente da Assembleia Municipal de Borba, Jorge Pinto, o presidente da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, Francisco Mateus, do presidente da Associação Técnica dos Viticultores do Alentejo, José Miguel Almeida, do representante da Entidade Regional de Turismo do Alentejo, João Cavaleiro Ferreira, entre outras entidades locais e regionais.

Em declarações aos Jornalistas, o presidente da Câmara Municipal de Borba, António Anselmo, referiu que “foi importante retomarmos a festa, que era aquilo que nós queríamos, depois desta situação da pandemia e iniciamo-la de uma forma diferente dos outros anos, menos dias e tentar também trazer a festa para o centro de Borba.”

O autarca salientou que trata-se de uma festa que “vai promover o vinho e a vinha que é um dos setores mais importantes do nosso concelho e é isso que nós queremos, pelo menos durante estes dias, vinho, gastronomia e também os azeites, enchidos, ou seja, que as pessoas venham a Borba se sintam bem e aproveitem o que de bom Borba tem”.

A edição deste ano dá destaque aos produtores locais, salientando o edil borbense que “é uma forma de apoiar também a economia loca, especialmente despois da crise pandémica que temos estado a atravessar”.

Já sobre o facto de, nesta edição, a também existirem expositores no centro da cidade, António Anselmo, diz que “a ideia é trazer pessoas à festa e em simultâneo que essas pessoas também estejam mais tempo na cidade”, acrescentando que caso esta ideia corra bem, “poderá manter-se no futuro”.

Fique de seguida com algumas imagens da inauguração, numa reportagem de Hugo Calado: