Terça-feira, Fevereiro 7, 2023
Pub

Beja: “Sem uma juventude capaz, é impossível resolver o problema demográfico”, disse Min. da Educação

- Publicidade -
- Publicidade -

A Federação Nacional das Associações Juvenis (FNAJ) realizou em Beja, esta terça-feira, uma nova edição da Cimeira do Futuro Associativismo e Juventude.

Esta cimeira realizada em Beja teve como objetivo apresentar e promover a Agenda para a Inovação das Políticas de Juventude, um documento que pretende ser um referencial estratégico para a conceção e inovação de políticas de juventude de base local e nacional, com o objetivo de construir um futuro mais participativo e inclusivo alinhado com as causas e prioridades da atual jovem geração.

Para além do presidente da FNAJ, Tiago Manuel Rego, estiveram presentes nesta cimeira o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, o presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, o diretor regional do IPDJ, Miguel Rasquinho, a vice-presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses, Isilda Gomes, o vice-presidente do conselho diretivo da Associação Nacional de Freguesias, Dário Silva, entre outras entidades

Nas palavras proferidas o presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, destacou o fato de “da geração jovem atual ser a mais bem preparada de todas aquelas que já tivemos no nosso país, algo que se deve muito à escola pública portuguesa”, apelando a que “uma parte da capacidade adquirida seja desenvolvida no nosso país e que fique ao serviço do nosso país”.

Paulo Arsénio referiu ainda que “é por saber que são uma geração de topo que confiamos nesta agenda aqui apresentada, nesta agenda que no fundo vai acompanhar o próximo quadro comunitário”, destacando ainda a “coragem para terem sido definidos os 25 objetivos da juventude para os próximos anos”.

O Autarca concluiu deixando claro que “competirá a nós políticos para fazermos muito daquilo que foi apresentado aconteça, com uma certeza, com que aquilo que viera a fazer a diferença na vida das gerações mais jovens, fará a diferença na vida da sociedade no seu todo”.  

Já o presidente da FNAJ, Tiago Manuel Rego, apresentou as bases gerais da agenda e dos “Objetivos da Juventude Portuguesa”. Tiago Rego referiu que “o nosso objetivo é que esta Agenda seja um documento inspirador para as eleições autárquicas de 2021, pugnando por mais e melhores políticas para a juventude, que envolvam os jovens nos órgãos de decisão e que incentivem e valorizem a sua participação na construção do futuro das suas comunidades, em linha com as suas causas e reivindicações”.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, deixou claro que “as autarquias têm de contar obrigatoriamente com os jovens na orgânica dos seus municípios, no trabalho de políticas públicas do seu município”.

O Governante salientou ainda que “há ainda muito trabalho a fazer”, no que diz respeito à ligação das autarquias com os jovens, acrescentando que é papel das “associações juvenis que têm em cada um dos municípios ir levantando o braço e dizendo que é preciso que exista um pelouro da juventude ativo”.

Tiago Brandão Rodrigues disse também que “sem uma juventude capaz de constituir família, de puder pensar em ter filhos, de se puder emancipar é impossível resolver o problema demográfico”.

De recordar que esta agenda assenta em cinco pilares, estes respondem aos desafios da emancipação e participação jovem, da educação e informação, da igualdade e coesão social, da ecologia, tecnologia e inclusão e da saúde, cultura e desporto, tendo na cogestão das políticas de juventude e na justiça intergeracional as suas maiores reivindicações.

Fique de seguida com as imagens desta cimeira, numa reportagem de Hugo Calado:

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

- Publicidade -

Mais notícias

Mudança do tempo em Portugal continental com regresso de chuva e neve na quarta-feira

O tempo em Portugal continental vai ser condicionado até quinta-feira por uma “região depressionária complexa”, com regresso de chuva forte, em especial na região...

Mora: Infraestruturas de Portugal realiza obras em estrada próxima de Pavia

A empresa Infraestruturas de Portugal vai realizar trabalhos de pavimentação na ER370 em Pavia, concelho de Mora. De acordo com a informação disponibilizada, a intervenção...