Beja: Lançado o concurso de 5,3M€ para construção da base para os 5 aviões comprados à Embraer

KC-390 para Beja

O Estado Maior da Força Aérea lançou, recentemente, um concurso público para uma importante obra na Base Aérea N.º11 de Beja.

O procedimento agora lançado refere-se à construção de um edifício para esquadra e para um simulador de voo para o SA KC-390, tendo um valor base de 5,3 milhões de euros (+IVA), prevendo um prazo de execução de 540 dias.

Este será o investimento de construção da “sede” dos cinco aviões KC-390, que Portugal acordou, em 2019, comprar à fabricante brasileira Embraer.

A empreitada visa a demolição de edifícios de pequena dimensão existentes, a modelação do terreno, a execução de fundações diretas, constituídas por sapatas e lajes de ensoleiramento geral, superestrutura em betão armado e em aço estrutural.

Serão ainda construídas infraestruturas de comunicações de sistemas de informação, de ramais de fibra ótica e de energia elétrica em média e baixa tensão, iluminação interior e exterior, instalações elétricas gerais, sistema automático de deteção e extinção de incêndios (SADI e SADEI), sistema automático de deteção de intrusão (SADIR), rede de terras, sistema de proteção contra descargas atmosféricas, sinalização luminosa de obstáculos, sistemas de climatização e ventilação, redes de tubagem e caixas de visita, redes de distribuição de água e redes de drenagem de águas residuais e pluviais, a execução de acesso rodoviário e arranjos exteriores.