Beja: Conferência sobre uso de coprodutos para produzir porco de Alcobaça

Porco Saloio

Uma conferência sobre um projeto que usa coprodutos agroindustriais para alimentar e produzir porco Malhado de Alcobaça vai decorrer hoje, integrada num ciclo ‘online’ para promover o uso daquele tipo de produtos na alimentação animal.

Segundo o organizador, a conferência vai decorrer a partir das 18:00, a cargo do engenheiro zootécnico João José Santos, o promotor do projeto “Porco Saloio – O Oeste de Porco e Alma”.

“Porco Saloio” é uma marca de carne de porco que assenta em três pilares: a raça Malhado de Alcobaça, o modo de produção ao ar livre e a dieta utilizando sobrantes da agroindústria da região Oeste.

Trata-se de mais uma conferência do ciclo que o Centro de Biotecnologia Agrícola e Agroalimentar do Alentejo (CEBAL), com sede em Beja, está a realizar para promover o uso de coprodutos agroindustriais na alimentação de animais.