Beja: Câmara galardoou profissionais de saúde e funcionários da autarquia no Feriado Municipal (c/fotos)

Feriado Municipal de Beja

A Câmara Municipal de Beja promoveu um conjunto de atividades para assinalar o feriado municipal, a Quinta-feira da Ascensão.

Concertos musicais, atividades desportivas e uma sessão de entrega de Medalhas Municipais, foram algumas das atividades promovidas nesta quinta-feira (26 de maio).

O Pax Julia Teatro Municipal de Beja acolheu, esta quinta-feira, a sessão de entrega de Medalhas Municipais, em que foram atribuídas 10 medalhas de mérito municipal e51 medalhas de bons serviços municipais.

Os agraciados com as medalhas de mérito municipal foram todos da área da saúde, das quais, quatro distinções são feitas a título póstumo. Assim, fora galardoados Jacinto Guerreiro Brito da Lança, José Jacinto Lebre, Francisco Lopes Vasquez, Luis Carneiro da Fonseca, Jorge Rabaça Correia Cordeiro, António Francisco Lopes, Florina dos Santos, Maria Almeida, Maria Moreira e Cristina Goncalves.

ODigital.pt esteve nesta cerimónia e falou com o presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio que explicou que “este feriado praticamente não era assinalado e então nós decidimos assinalá-lo com pequenos festejos nas noites anteriores e o próprio dia, tornando-se assim no dia especial para a cidade”.

Relativamente às distinções atribuídas, Paulo Arsénio disse que é “uma tradição que vem desde 1989, tanto as medalhas de mérito, como as de bons serviços municipais”, acrescentando que “esta cerimónia ganhou muita dignidade e qualidade com a passagem do Salão Nobre para o Pax Julia e depois juntámos pequenos momentos musicais e, portanto, é de facto a forma que a Câmara Municipal encontra para, através de uma medalha, distinguir aqueles que prestam serviços ao município considerados relevantes ou que já o fizeram no passado.”

A atribuição das medalhas de mérito este ano “recaiu em homenagear aqueles que estiveram na origem do Hospital José Joaquim Fernandes, em 1970, e, portanto, os profissionais de maior destaque e de maior referência hospitalar dessa época, que ainda não tinham sido medalhados isoladamente nos anos anteriores, foram no este ano”, disse o edil, que referiu ainda que “é um prémio de justiça para com o Serviço Nacional de Saúde, para que o Hospital Joaquim Fernandes, todos os clínicos, o pessoal auxiliar e enfermeiros que estão também atualmente no ativo e por isso a cerimónia deste ano foi tão importante.

Fique de seguida com as imagens desta cerimónia, numa reportagem de Hugo Calado e Rogério Cardoso: