Autárquicas: Psicóloga Guida Ascensão é candidata do BE em Serpa

Bloco de Esquerda

A psicóloga Guida Ascensão, de 51 anos, é a candidata do Bloco de Esquerda (BE) à Câmara de Serpa, um “baluarte” comunista no distrito de Beja, nas próximas eleições autárquicas, anunciou hoje o partido.

Guida Ascensão exerce funções na Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo e repete a candidatura de 2013, assumindo à agência Lusa a ambição de chegar ao executivo do município alentejano.

O nosso objetivo é conseguir eleger uma vereadora” na câmara municipal, “assim como elementos na assembleia municipal e na assembleia de freguesia” de Serpa, disse.

Segundo a candidata, o programa eleitoral do BE em Serpa “ainda está em discussão”, mas assentará em “compromissos” como a “democracia participativa, maior justiça social” e “melhor qualidade de vida”.

Temos também como compromisso lutar contra os partidos e os movimentos que promovam políticas de exclusão e de discriminação racial”, afirmou.

Guida Ascensão é a quinta candidata oficial à Câmara de Serpa, que foi sempre liderada pela CDU ou por coligações encabeçadas pelo PCP, desde 1976, aquando das primeiras eleições autárquicas após a Revolução de 25 Abril de 1974.

São igualmente candidatos João Palma (CDU), Tomé Panazeite (PS), José Damião Félix (pela coligação PSD/CDS-PP) e Ana Moisão (Chega).

O executivo da Câmara de Serpa é constituído por quatro eleitos da CDU e três do PS.

O atual presidente, o comunista Tomé Pires, que cumpre o segundo mandato, não se vai recandidatar e será o cabeça de lista da CDU à assembleia municipal.

As eleições autárquicas estão marcadas para o dia 26 de setembro.