Autárquicas: Presidente da Câmara de Grândola recandidata-se pela CDU

Presidente da Câmara de Grândola

O presidente da Câmara de Grândola (Setúbal), António Figueira Mendes, recandidata-se a este município pela CDU nas eleições autárquicas deste ano, para tentar conquistar um terceiro mandato, revelou hoje a concelhia daquela coligação.

A recandidatura de António Figueira Mendes, de 78 anos, que é presidente da Câmara de Grândola, no distrito de Setúbal, desde 2013, foi anunciada hoje, em comunicado enviado à agência Lusa, pela coordenadora concelhia de Grândola da CDU.

O autarca, que é administrador de empresas, natural da freguesia de Azinheira dos Barros, no interior do concelho de Grândola, cumpre o segundo mandato, depois de ter sido eleito para a presidência do município, em 2013 e 2017, cargo que já tinha desempenhado entre 1976 e 1989.

António Figueira Mendes é vice-presidente da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) e da Comissão Permanente do Conselho Regional da Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional (CCDR) Alentejo.

No comunicado, a CDU referiu que o trabalho autárquico do cabeça-de-lista “pautou-se sempre pela determinação, coragem, competência e honestidade, em prol do desenvolvimento do concelho” de Grândola e da “melhoria da qualidade de vida da população”.

Ao longo da vida autárquica, António Figueira Mendes, que é militante do PCP desde 1959, participou na criação das associações de municípios dos distritos de Beja e Setúbal e também do litoral alentejano e foi membro da Comissão Executiva da Associação de Municípios do Distrito de Setúbal.

Foi eleito presidente do Conselho de Administração da Associação dos Municípios do Litoral Alentejano e administrador-delegado, membro da Comissão Constituinte do Conselho Geral da Associação Nacional dos Municípios Portugueses e participou na criação da Região de Turismo de Setúbal – Costa Azul, sendo membro da sua Comissão Executiva, adiantou a CDU.

Para as próximas eleições autárquicas, o PS também já anunciou a candidatura a esta câmara alentejana do gestor António Candeias, de 70 anos, que foi vereador eleito por um movimento independente neste mandato, até outubro do ano passado, quando renunciou ao cargo “por questões não políticas”.

O executivo municipal, presidido por António Figueira Mendes, é composto por quatro eleitos da CDU, dois do PS e um do movimento Grândola Melhor.

As eleições autárquicas deste ano ainda não têm data marcada, mas, por lei, realizam-se em setembro ou outubro.