Autárquicas: Candidata da CDU a Portel quer pôr fim a 24 anos de gestão PS

Candidata a Portel

A candidata da CDU à Câmara de Portel, no distrito de Évora, Lúcia Cardoso, fixou hoje como objetivo conquistar este município nas próximas eleições autárquicas e pôr fim a “24 anos de gestão” local do PS.

É preciso uma mudança” neste concelho alentejano, porque “já são 24 anos de gestão do Partido Socialista“, afirmou Lúcia Cardoso, em declarações à agência Lusa.

Segundo a cabeça-de-lista da coligação liderada pelo PCP à presidência do Município de Portel, uma das principais prioridades da candidatura da CDU às autárquicas deste ano passa pelo “desenvolvimento económico do concelho“.

O programa eleitoral “é um trabalho contínuo e tem vindo a ser feito no atual mandato“, encontrando-se atualmente num “momento de convergência e de análise das melhores propostas“, referiu a candidata.

Natural de Portel, Lúcia do Carmo Serrano Cardoso, de 38 anos, é professora de Educação Especial, mas atualmente é chefe de gabinete do presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, também eleito pela CDU.

No comunicado em que foi anunciada a candidatura, a CDU indicou que o nome de Lúcia Cardoso para cabeça-de-lista resultou de uma “decisão coletiva” entre PCP, Partido Ecologista “Os Verdes” (PEV) e “muitos outros democratas sem filiação partidária“.

Lúcia Cardoso tem no seu percurso e intervenção no concelho um importante património político de trabalho, honestidade e competência“, notou.

Eleita pela CDU para a Assembleia Municipal de Portel nas anteriores eleições autárquicas, a candidata é também dirigente do Sindicato de Professores da Zona Sul e da Federação Nacional dos Professores (FENPROF) e é membro da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Portel.

Lúcia Cardoso é igualmente membro da Direção da Organização Regional de Évora (DOREV) do PCP e da Comissão Concelhia de Portel do PCP.

A candidatura da CDU é a segunda oficialmente apresentada à Câmara de Portel para as eleições autárquicas deste ano, depois de o PSD ter divulgado que o seu candidato vai ser Albertino Malheiro, comercial, de 64 anos.

O atual executivo municipal é constituído por quatro eleitos do PS e um da CDU.

As eleições autárquicas deste ano ainda não têm data marcada, mas por lei realizam-se em setembro ou outubro.