Autárquicas 2021: CDU candidata antigo vereador Joaquim Barbio à Câmara de Ourique

Candidato da CDU a Ourique

O antigo vereador da Câmara de Ourique Joaquim Barbio, de 72 anos, é o candidato da CDU à presidência daquele município do distrito de Beja, liderado pelo PS, nas eleições autárquicas deste ano, foi hoje divulgado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a coordenadora concelhia da CDU de Ourique revelou o cabeça-de-lista à câmara municipal e indicou que a coligação vai apresentar-se às eleições autárquicas no concelho, “reafirmando o seu projeto e percurso distintivos, inseparáveis da grande conquista de Abril que é o poder local democrático“.

No próximo mandato, a exemplo dos anteriores, a CDU prosseguirá a sua ação em Ourique, contribuindo com o seu trabalho e intervenção para a defesa dos interesses das populações e para o progresso local“, adiantou o comunicado.

Joaquim António Rego Barbio, natural de Ourique, aposentado, foi chefe de finanças adjunto e inspetor tributário na Direção de Finanças de Faro.

O candidato foi vereador na Câmara de Ourique, na comissão administrativa, de maio de 1974 a dezembro de 1976, e nos mandatos de 1986-1989, 1990-1993, em regime de permanência, e 1994-1997, eleito pela Aliança Povo Unido (APU) e Coligação Democrática Unitária (CDU).

Joaquim Barbio foi ainda candidato pela CDU à presidência da União de Freguesias de Faro, em 2013, integrou a Assembleia da União de Freguesias de Faro, de 2013 a 2017, e foi mandatário pela CDU, em Faro, nas eleições autárquicas de 2009, 2013 e 2017.

Este é o segundo candidato anunciado à Câmara de Ourique, depois de o PSD ter divulgado a candidatura de Gonçalo Valente, de 40 anos, presidente da Distrital de Beja dos social-democratas, que trabalha atualmente numa empresa de topografia e que é também olivicultor.

O atual executivo camarário de Ourique, liderado pelo socialista Marcelo Guerreiro, que cumpre o primeiro mandato, é constituído por quatro eleitos do PS e um do PSD.

As eleições autárquicas deste ano ainda não têm data marcada, mas, por lei, realizam-se em setembro ou outubro.