Autarquia de Moura reforçou em 12 mil euros o programa que está a servir refeições a famílias em dificuldades

Com a chegada da pandemia da Covid-19, instalou-se uma grave crise económica que alterou as vidas de muitas famílias.

Neste sentido, a Câmara Municipal de Moura reforçou em 12.000 euros a medida “Prato Quente”, que tem como missão dar resposta à carência alimentar e chegar às famílias mais fragilizadas.

Segundo a informação prestada pela autarquia de Moura, “presentemente presta apoio a 72 beneficiários, num total de 35 famílias, nas diversas freguesias do concelho. Este apoio é diário e todas as semanas chegam novos pedidos de ajuda, de pessoas que por via da COVID-19 não conseguem manter a sua autonomia financeira.”

A autarquia destaca ainda os donativos recebidos de forma a manter este serviço solidário, enumerando os beneméritos:

– Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos – 60 garrafas de azeite

– Sabor velho (Azeite virgem extra) – 18 garrafas de azeite

– Manuel Coutinho – Oficina de Reparações Mecânicas – 100 euros

– JM Informática – 100 euros