Aumento de casos de Covid-19 obriga Hospital de Beja a aumentar a capacidade de internamento

Hospital de Beja

A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) aumentou a capacidade de internamento Covid-19 no Hospital de Beja.

Segundo a Administração da ULSBA, dado o aumento do número de doentes com Covid-19 com necessidade de internamento, o Hospital de Beja foi obrigado a aumentar o número de camas para este tipo de internamento.

“No Serviço de Internamento de Medicina Covid, situado no Piso 3 do Hospital de Beja, inicialmente com 24 camas disponíveis, foram adicionadas, a 8 de janeiro de 2021, 6 camas. Atingida a ocupação máxima, foi possível aumentar mais 6 camas, totalizando, a 12 de janeiro, as 36 camas disponíveis. Perante novo cenário de ocupação plena, hoje, dia 14 de janeiro, temos a possibilidade de aumentar o número de camas em internamento Covid em 10, o que significa que, à data, totalizamos 46 camas disponíveis, sendo esta a capacidade de internamento em enfermaria para doentes Covid-19 no Hospital de Beja”, indicou a Administração da ULSBA.

Relativamente ao internamento de doentes Covid em Unidade de Cuidados Intensivos, a ULSBA refere que “as 4 camas de nível III inicialmente existentes, registaram ocupação plena, o que obrigou, a 10 de janeiro de 2021, ao aumento para o dobro da capacidade em Cuidados Intensivos, significando que, à data, existem 8 camas em Cuidados Intensivos – Covid no Hospital de Beja. Neste momento, estão todas ocupadas.”