Artista Renée Gagnon expõe fotografias de antas reinventadas com pintura em Évora

Exposição em Évora

Uma exposição da canadiana Renée Gagnon, composta por fotografias de antas megalíticas reinventadas com pintura, vai ser apresentada, a partir de sábado, no Centro de Arte e Cultura da Fundação Eugénio de Almeida (FEA), em Évora.

Intitulada “Santuários”, a mostra, divulgada hoje pela FEA, tem curadoria de Manuel Costa Cabral e vai ficar patente ao público, até 31 de dezembro deste ano, no piso 2 do Centro de Arte e Cultura da instituição.

Renée Gagnon, artista canadiana a residir em Portugal há várias décadas, apresenta nesta exposição fotografias, em grande formato, de antas localizadas em Portugal, Irlanda, Bretanha e Holanda.

A artista, desvendou a Fundação Eugénio de Almeida, “edita e prepara, com transformações por vezes subtis”, cada uma das fotografias e, sobre elas, “usa, com gestos precisos, guache, lápis e aguarela”.

Frente às fotografias, num ‘corpus’ não exaustivo de 21 peças, Renée Gagnon transforma, aprofunda, inventa, clarifica”, destacou.

Citado pela FEA, o diretor do Centro de Arte e Cultura, José Alberto Ferreira, realçou que a artista, “na sua busca destes santuários que pontuam há milénios as paisagens da Europa, percorreu e fotografou antas na Irlanda, Bretanha e Países Baixos”.

Fotografou também antas do Alentejo, território de eleição, no qual apresenta agora o seu trabalho. É este mapa de afetos que o Centro de Arte e Cultura agora tem o gosto de acolher e partilhar”, sublinhou.

Nascida em Montreal, no Canadá, Renée Gagnon, formada em pintura pela Escola de Belas Artes de Montreal e pela Escola do Louvre, em Paris (França), vive e trabalha em Lisboa, onde se fixou em 1970.

A artista tem-se dedicado ao cinema, na área da distribuição, tendo-se especializado em cinema africano.

“Santuários”, que tem entrada livre, poderá ser visitada de terça-feira a domingo.