Arraiolos: Autarquia avança para o registo da marca do doce “Nógado” de Vimieiro

Nógado

A Câmara de Arraiolos (Évora) anunciou que vai avançar para o registo no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) da marca “Nógado”, um doce típico de Vimieiro, naquele concelho alentejano.

Segundo o município, a iniciativa de pedir o registo desta marca envolve, além da câmara, a Junta de Freguesia de Vimieiro, a Associação Jovens em Movimento-Vimieiro, a Associação de Reformados e Pensionistas de Vimieiro, duas padarias, uma confeitaria e um restaurante locais.

Neste contexto, juntam-se vontades para que a receita antiga transportada para os nossos dias, mercê do testemunho verbal das gerações mais idosas, possa ter uma identidade consubstanciada na criação de uma marca nacional, condicente com a sua singularidade”, realçou.

Com esta ação, o objetivo é “preservar os saberes e os sabores ligados à gastronomia e doçaria do concelho”, assim como “promover um doce tradicional que perdura na memória viva” dos habitantes de Vimieiro, disse a presidente do município, Sílvia Pinto.