António Costa anuncia as próximas medidas de desconfinamento

António Costa

Depois de o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ter anunciado que não vai pedir a renovação do Estado de Emergência, o primeiro-ministro anunciou esta tarde as próximas medidas de desconfinamento.

Após o Conselho de Ministros, António Costa, deu a conhecer o que muda nos próximos dias, no que diz respeito ao desconfinamento.

António Costa anunciou que o Estado de Emergência vai ser substituído pelo Estado de Calamidade, a partir das 00 horas de dia 1 de maio.

Assim, a partir de Sábado as medidas são as seguintes:

  • Abertura das fronteiras terrestres

– Restaurantes, cafés, pastelarias e similares, poderão funcionar até ás 22h30 (max. 6 pessoas ou 10 em esplanadas, por grupo)

– Salas de espetáculo podem funcionar até às 22h30

– Casamentos e batizados com 50% da lotação

– Todas as lojas e centros comerciais até às 21 horas durante a semana e 19 horas aos fins-de-semana e feriados

– Ginásios e atividade desportiva retomam a atividade normal.

No que diz respeito aos concelhos que recuperam do confinamento vários concelhos, entre eles os Alentejanos de Moura e Alandroal.

Sob aviso de recuarem, estão os municípios Alentejanos de Beja e Vidigueira.

Relativamente a Odemira, o Primeiro-Ministro anunciou cerca sanitária para as freguesias de São Teotónio e Longueira e ainda a Almograve.