Antiga fábrica em Arraiolos renasceu como centro de exposições (c/fotos)

Cultura em Arraiolos

O edifício de uma antiga fábrica de massas alimentícias localizado na periferia de Arraiolos, no distrito de Évora, ganhou uma “nova vida” como centro de exposições, onde cultura e arte se vão juntar ao design.

Não tem a dimensão da ‘Lx Factory’, mas, pela sua dimensão para Arraiolos, faz sentido esta comparação“, porque este novo espaço “é cultura, é design“, afirmou à Lusa Mário Domingues, responsável pelo projeto.

A criação deste espaço é um projeto da E-Panther, marca integrada na empresa Aliança 7040, que já possui neste concelho um serviço de aluguer de bicicletas híbridas da marca alemã Riese & Müller e uma rede de parques de estacionamento para estes veículos.

Mário Domingues, diretor executivo da E-Panther, lembrou que a atividade “começou com as bicicletas elétricas”, vincando que a marca tem igualmente “uma paixão por cultura e acha que a cultura e a arte podem valorizar os territórios“.

A missão da E-Panther é valorizar territórios” e levar “o futuro a territórios mais esquecidos nas últimas décadas“, sublinhou.

Fundada em 1925, a fábrica de massas alimentícias Aliança, na periferia de Arraiolos, foi desativada há várias décadas e, entretanto, teve “outras vidas“, como local de “armazenamento e descasque de cereais e até queijaria“, contou Mário Domingues.

Há cerca de dois anos, porém, o imóvel foi adquirido pela empresa, e renasceu como Nave de Design da E-Panther, no passado sábado, com a inauguração de três exposições.

Esculturas em metal reciclado da autoria de João Concha, a instalação denominada “Pink Punk”, de Bruno Pereira, e “Fábrica Aliança”, com fotografias a preto e branco de Jorge Simão, são as mostras que inauguraram o espaço.

Com curadoria do designer Henrique Leitão, a Nave de Design da E-Panter conta ainda com uma área dedicada à cartografia nacional.

A inauguraçãofoi feita “com aquilo que queremos que aconteça, pelo menos duas vezes por mês“, durante a época alta, que “são dias imersivos na exposição“, frisou Mário Domingues.

Segundo o responsável, o programa para estes “dias imersivos” será composto “por almoço e prova de vinhos“, e haverá “os tais elementos surpresa“, com a participação de um músico ou de um ator.

Queremos que estes dias imersivos sejam uma experiência completamente disruptiva“, assumiu.

A inauguração das exposições contou com a presença de chefes de cozinha, músicos, cantores, fotógrafos, críticos e jornalistas, os quais, em conjunto, cozinharam, tocaram, cantaram, escreveram e fotografaram ao longo do fim de semana.

Em outubro do ano passado, a E-Panther disponibilizou 31 bicicletas híbridas da Riese & Müller, tendo, depois, lançado uma linha própria de roupa.

Mais recentemente, a 30 de abril, o projeto inaugurou uma exposição nas paredes das ruas e praças de Arraiolos, constituída por frases de 30 personalidades, de entre as quais o escritor Valter Hugo Mãe, a cantora Márcia e o ator Ivo Canelas.

Fique com algumas imagens da abertura deste espaço cultural. Imagens de Luís Filipe Catarino