Quarta-feira, Setembro 28, 2022
Pub

Antiga escola primária de Gavião vai ser centro interpretativo de percursos pedestres

- Publicidade -
- Publicidade -

Uma antiga escola primária de uma freguesia rural do concelho de Gavião (Portalegre), vai ser transformada num centro interpretativo dos percursos pedestres e num centro de BTT, divulgou hoje a câmara municipal.

A obra, que vai surgir na antiga escola primária de Degracia, é apoiada em 300 mil euros pelo Programa Valorizar do Turismo de Portugal, representando um investimento total de 472 mil euros.

Contactado pela agência Lusa, o presidente da Câmara de Gavião, José Pio (PS), explicou que o contrato de consignação da obra foi assinado na terça-feira, devendo os trabalhos iniciar-se “em breve”.

A obra, segundo o autarca, vai ter um prazo de execução de 300 dias.

“Os percursos pedestres são uma das nossas apostas e, aproveitando uma das muitas escolas primárias que estão degradadas e que nós não queremos que estejam, aproveitamos para fazer o centro interpretativo dos percursos pedestres e o centro de BTT”, disse.

O autarca indicou que o centro interpretativo vai servir para que os praticantes “percebam o enquadramento” dos percursos pedestres, acrescentando que nesta altura o turismo de natureza é uma das “ principais apostas” do município.

“Temos feito um grande investimento no turismo de natureza e os percursos pedestres enquadram-se nesse objetivo, temos conseguido trazer muita gente ao concelho”, sublinhou.

No que diz respeito ao centro de BTT, José Pio explicou que servirá para “dar apoio” às famílias e aos praticantes da modalidade, estando dotado de uma área para efetuar a manutenção das bicicletas.

“É um sitio para apoiar quem faz BTT e ter as condições para levar a bicicleta arranjada, limpinha, com tudo como deve ser e, ao mesmo tempo, ter a família por perto”, acrescentou.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Grupo LAPPÍ que criar em Vila Viçosa a maior gráfica de rótulos da Europa

O Grupo LAPPÍ, que há uns anos adquiriu a Gráfica Calipolense, tenciona realizar um investimento de 6 Milhões de euros no concelho de Vila...

Assembleia Municipal de Beja exige fibra ótica nas aldeias do concelho

A Assembleia Municipal de Beja (AMB) exigiu que as populações possam aceder à Internet de fibra ótica nas aldeias do concelho que já dispõem...