Alunos do Politécnico de Portalegre voltam a ser premiados em concursos de prestigio

Os Alunos do Politécnico de Portalegre volta a ser premiados em dois certames.

A equipa formada pelos alunos de Engenharia Informática, Guilherme Malhado, Rafael Perez e João Fé, Daniel Marmelo do mestrado em Informática e Diogo Aragonês de Gestão, conquistou o 2º lugar na grande final do CityHack 2020 com o projeto “Volunteer Society”.

O projecto dos estudantes do Politécnico de Portalegre, que recebeu os mais variados elogios, consiste numa plataforma que tem o objectivo de agilizar e estimular actividades e acções de voluntariado usando o conceito de Gamification aplicado ao voluntariado, como contributo para uma sociedade mais solidária e participativa. Em formato de maratona tecnológica de 24 horas, a 4ª edição do CityHack aconteceu online, dias 30 e 31 de maio, em simultâneo nos Institutos Politécnicos de Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Tomar, com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. Visou incentivar o desenvolvimento de soluções tecnológicas para cidades, correspondentes a desafios com impacto social, sustentabilidade e economia circular, enquadrados pelos objectivos de desenvolvimento sustentável preconizados pelas Nações Unidas.

Participaram 27 equipas, das quais três eram estrangeiras (Alemanha, Ucrânia e Brasil) e um total de 120 participantes oriundos de 24 instituições de ensino superior. Os participantes beneficiaram de acompanhamento, por parte de mentores especialistas”, refere o comunicado.

Já a curta-metragem “Ode à infância”, realizada por João Monteiro e Luís Vital, foi premiada na última edição do Festival MONSTRA, com o galardão de Melhor Curta de Estudantes Portuguesa.

O reconhecimento da qualidade do ensino do cinema de animação do Politécnico de Portalegre tem sido uma constante, não só neste, como nos maiores festivais nacionais da especialidade.

O filme agora distinguido foi realizado no âmbito da Unidade Curricular “Projecto de Animação”, da licenciatura em Design de Animação e Multimédia da Escola Superior de Tecnologia e Gestão – IPPortalegre. Para os seus autores resultou em mais uma distinção para esta obra e em mais uma bem-sucedida participação no MONSTRA – Festival de Animação de Lisboa, que este ano aconteceu online.

Ode à infância” retrata o crescimento, a descoberta, a aventura e os primeiros passos de uma criança no caminho da autonomia.

Os filmes de animação dos alunos de Design de Animação e Multimédia, nomeadamente esta obra, tiveram o apoio do ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, através do concurso “Apoio à Formação de Estudantes que frequentem Cursos Especializados na Área do Cinema e Audiovisual / 2017“, acrescenta a nota de imprensa.