Alto Alentejo terá festival de cinema para promover o sucesso escolar

Organizado pela CIMAA – Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, conjuntamente com a empresa Cabeçudos – Cabeças com Ideias, e com os municípios da região, com o objetivo de promover o sucesso escolar, o festival Alto Cinema está de volta esta semana, com a segunda edição a ter lugar já na próxima sexta-feira, dia 5, entre as 10h e as 12h30.

Dedicado ao tema dos ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a edição de 2020 do festival vai mostrar em estreia mundial os talentos cinematográficos dos alunos do território Alto Alentejo, através da exibição de nove curtas-metragens realizadas por jovens cineastas dos vários agrupamentos de escolas”, explica o comunicado de imprensa.

Revela ainda que “este ano, o formato do festival será adequado ao atual contexto de pandemia. Mantendo-se a data na parte final do ano letivo, mas sendo impossível a concretização presencial do evento, irá acontecer via stream direto no canal YouTube do ALTO CINEMA.

Assim, na sexta-feira, no horário referido, bastará aceder ao link www.youtube.com/c/altocinema para assistir às nove curtas-metragens realizadas pelos alunos, assim como à atribuição posterior dos prémios Alto Cinema nas várias categorias, entregues a título simbólico juntamente com a emissão de certificados de participação. Durante o evento decorrerá ainda a votação para o Prémio do Público para Melhor Filme”.

Envolvendo toda a comunidade escolar do território Alto Alentejo, o programa Alto Cinema, que culmina no festival desta sexta-feira, conseguiu em 2020 mais um importante apoio institucional: o selo do Plano Nacional de Cinema.

Esta marca de qualidade distinguindo o festival Alto Cinema vem juntar-se aos reconhecimentos da UNESCO, do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar e do Festival Periferias.

Na edição deste ano, o júri do festival é constituído por Fátima Claudino, responsável pela Rede de Escolas Associadas da UNESCO; pelo psiquiatra João Paulo Albuquerque; por José Alberto Fateixa, membro da Estrutura de Missão do Plano Nacional de Promoção do Sucesso Escolar; por Luís Miguel Cardoso, professor do Instituto Politécnico de Portalegre no Departamento de Ciências da Linguagem e da Comunicação; e por Paula Duque Giraldo, diretora do Festival Internacional de Cinema de Marvão e Valencia de Alcântara”, remata.