Quarta-feira, Setembro 28, 2022
Pub

Altice Portugal reforça das redes de comunicação e ativa Gabinete de Crise

- Publicidade -
- Publicidade -

Na sequência de mais um confinamento que os portugueses estão a viver, a Altice Portugal anunciou que vai intensificar o reforço das redes de comunicação para dar resposta ao aumento de tráfego na rede fixa.

Segundo a Altive Portugal, “o setor das telecomunicações volta assim a ser um setor crítico para a continuidade do País, com as comunicações a revestirem-se de uma importância estratégica para os setores público e privado, nomeadamente, profissionais de saúde, áreas da educação, formação e ensino superior, para as famílias em casa, para os idosos em isolamento, e principalmente, para a manutenção plena das melhores condições para o teletrabalho e continuidade da vida laboral.”

Recordando em comunicado que “durante o primeiro confinamento, a Altice Portugal acomodou todas as novas necessidades decorrentes do uso massivo das Redes de Comunicações, mesmo em períodos de pico, graças à redundância e resiliência das suas redes e aos investimentos realizados na sua expansão, de forma a garantir o aumento de capacidade necessário.”

Para a Altive, “as circunstâncias vividas impõem um sentido de responsabilidade social acrescido, pelo que face ao cenário imposto a Altice Portugal, enquanto empresa líder do setor, vai canalizar todos os esforços para garantir o funcionamento pleno e sem falhas das suas redes de comunicações, acompanhando a evolução da situação de forma contínua, em estreita cooperação com as autoridades, e trabalhando na otimização, robustez e melhoria da rede sempre que necessário.”

Neste sentido, a Altice Portugal já acionou o seu Gabinete de Crise, intensificando agora o seu Plano de Contingência com vista a “reforçar as condições de segurança e de saúde aos seus colaboradores e clientes, de forma ininterrupta e permanente, assegurando a continuidade do negócio e dos serviços prestados pelas empresas da Altice Portugal.”

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

As mais vistas

Mais notícias

Crise/Energia: Presidente da empresa do Alqueva não espera “restrições” de água em outubro

O presidente da empresa gestora do Alqueva, José Pedro Salema, disse hoje não antever, a partir de 01 de outubro, “quaisquer restrições” ao uso...

PCP quer ouvir no parlamento ministra Ana Catarina Mendes sobre timorenses no Alentejo

O PCP requereu hoje a audição no parlamento da ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares para debater o afluxo de imigrantes timorenses ao Alentejo...