Alter do Chão: Ministra da Cultura inaugurou o renovado Cineteatro (c/fotos)

Inauguração Cineteatro alter do chão

A Câmara Municipal de Alter do Chão inaugurou, esta sexta-feira, o requalificado Cineteatro, que volta agora a ser a “casa” da Cultura deste concelho do distrito de Portalegre.

As obras de requalificação conferiram-lhe melhores condições para os agentes culturais, bem como um aspeto mais moderno e renovado, num investimento total de 866.907 euros.

A cerimónia de inauguração contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Alter do Chão, Francisco Reis, da Ministra da Cultura, Graça Fonseca, da Secretária de Estado Adjunta e do Património Cultural, Ângela Ferreira, da Diretora Regional de Cultura do Alentejo, Ana Paula Amendoeira, do presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, António Ceia da Silva, entre outras entidades locais e regionais.

No discurso que proferiu a Ministra da Cultura, Graça Fonseca, destacou o “importante espaço que agora fica disponível para a cultura no Alto Alentejo”, frisando que está a ser criada uma Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses e que “este equipamento tem boas as condições para que possa integrar a rede”.

Já o presidente da Câmara de Alter do Chão, Francisco Reis, em declarações a’ODigital.pt afirma que foi feito “um extraordinário trabalho e que só foi possível com o esforço, determinação e com a colaboração do Governo da República Portuguesa” e “ficamos aqui com um equipamento para as associações locais, regionais e a todos aqueles que precisarem desta sala que fica disponível e com condições únicas”.

O autarca refere ainda que “se estivermos unidos e focados no mesmo princípio, o da realização deste tipo de equipamentos, penso que conseguimos fazer do território um destino de grande qualidade e no futuro, se nos permitirem, havemos de fazer ainda muito mais”.

Francisco Reis que se emocionou na inauguração, explicou que esta emoção é porque “vivo a 95% para a causa pública e para a gestão publica, sou rigorosíssimo e de uma grande honestidade e é reconhecido por muitos que até aqui nem vivem”, acrescentando que “faço com a maior paixão e depois torna-se desafiante conseguirmos realizar este tipo de investimento”.

O edil alterense afirma ainda que “a política é uma ciência do acrescentar, do somar, do multiplicar e é isso que nós temos que fazer sempre e garanto a todos que o farei sempre incansavelmente”.

Concluiu revelando que “o que me emociona também é saber que no Alto Alentejo, hoje em dia, temos um grupo de autarcas extraordinários, pois os autarcas desta região são aqueles que mais executam os fundos estruturais, estamos quase em primeiro lugar a nível nacional e sem olharmos às cores políticas, e no conjunto somos máquinas, porque nos dedicamos à causa pública, à gestão pública e posso dizer que aqui há contas certas”.

De salientar que após a inauguração do cineteatro, realizou-se o concerto “Diabo nos Detalhes” interpretado pela Orquestra Metropolitana de Lisboa.

Fique de seguida com as imagens desta inauguração, numa reportagem de Hugo Calado: