Alentejo: Aprovado o projeto contra a crise climática que terá um financiamento de 2,4M€

Politécnico de Portalegre

Foi aprovada, recentemente, a candidatura do Projeto Guardiões, desenvolvido em parceria entre o Politécnico de Portalegre, o Fórum da Energia e Clima e a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo (CCDRA).

Este projeto pretende assumir-se um instrumento de sensibilização, formação e informação das questões relativas às alterações climáticas, através da criação de conteúdos e da realização de um conjunto ações de junto das diversas instituições da administração pública, de instituições de ensino e da comunidade, e da realização de conferências de abrangência global, focadas em temas relacionados com o problema das alterações climáticas

Neste sentido, o projeto integra a realização de conferencias temáticas em áreas diversas, como sejam a Transição justa, Saúde Ambiental, Água e Resíduos, Economia Circular, Agricultura e Alimentação, Floresta, Energia e Produção descentralizada, Recursos minerais e geológicos na transição energética, Transportes e Mobilidade e Financiamento da Economia Verde, permitindo reunir na região as melhores experiências e exemplos de casos internacionais, a que se juntarão também as melhores experiências a nível nacional.

O projeto contará com um financiamento global de 2,4 milhões de euros e a coordenação de Luis Loures, vice do Politécnico de Portalegre, e irá ter na sua equipa de trabalho pedagogos, especialistas em alterações climáticas e políticas ambientais, arquitetos, arquitetos paisagistas, engenheiros do ambiente, engenheiros informáticos, designers, gestores, economistas e profissionais de comunicação