Alentejano Rui Nabeiro lidera ranking dos líderes com melhor reputação em 2021

Rui Nabeiro

A Consultora OnStrategy acaba de divulgar os resultados do estudo de Relevância e de Reputação e Relação Emocional e Racional dos líderes empresariais com os cidadãos Portugueses consolidando a informação referente aos 12 meses de 2020, no âmbito do estudo anual RepScore™, cobrindo todo o período pré e de pandemia.

Este trabalho é desenvolvido de uma forma contínua ao longo do ano e em conformidade com a certificação das normas ISO 20671 (avaliação de estratégia e força) e ISO 10668 (avaliação financeira).

Numa escala de 100 pontos, e entre um conjunto de mais de 100 líderes que foram identificados de forma espontânea e avaliados de forma induzida no que respeita a atributos emocionais (admiração, relevância, confiança, preferência, recomendação) e racionais (governo e ética, liderança e visão, resultados financeiros), este estudo destaca as seguintes personalidades:

– RUI NABEIRO (DELTA): 74,2 pontos

– ALEXANDRE FONSECA (ALTICE): 72,7 pontos

– PAULO MACEDO (CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS): 71,6 pontos

– CARLOS GOMES DA SILVA (GALP): 71,0 pontos

– PEDRO SOARES DOS SANTOS (JERÓNIMO MARTINS): 70,5 pontos

– DIONISIO PESTANA (PESTANA): 70,0 pontos

– PAULO AZEVEDO (SONAE): 69,7 pontos

– JOÃO BENTO (CTT): 69,1 pontos

MIGUEL STILWELL DE ANDRADE (EDP): 68,3 pontos

– FERNANDO ULRICH (BPI): 66,8 pontos

Pedro Tavares, Partner e CEO da OnStrategy refere, “ao analisarmos os resultados deste índice em conformidade com as normas ISO20671 e ISO10668 que consolida os atributos de relevância e reputação emocional e racional destacamos a enorme referência e consistência que regista a avaliação do Comendador Rui Nabeiro, bem como os crescimentos estatisticamente relevantes do Eng.º Alexandre Fonseca e do Dr. Paulo Macedo, que ocupam as três primeiras posições entre mais de 100 líderes Portugueses avaliados”.

O mesmo responsável adianta ainda que “estes gestores lideram organizações em indústrias que se destacaram na sua exposição, atuação e relevância durante o ano de 2020 num cenário crítico de pandemia”.