Alcácer do Sal: Indivíduos apanhados pela GNR depois de fazerem fogueira que provocou um incêndio

As ocorrências da GNR

A Guarda Nacional Republicana, através do Posto Territorial de Alcácer do Sal, ontem, dia 21 de julho, constituiu como arguidos quatro pessoas, dois homens e duas mulheres, com idades compreendidas entre os 23 e os 38 anos, por incêndio florestal, na localidade de Alcácer do Sal.

Segundo a GNR, “na sequência de um alerta de incêndio florestal, os militares da Guarda deslocaram-se à Barragem do Pêgo do Altar. Após diligências policiais, foi possível apurar que o incêndio teve origem numa fogueira, propagando-se para a vegetação contígua.”

“No local foi possível identificar os autores do incêndio, os quais foram constituídos arguidos”, acrescentou ainda a GNR.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Setúbal.