Alandroal: Já iniciou o festival que sensibiliza para regeneração dos solos e alimentação saudável (c/fotos)

Soil to soul

Música, gastronomia e animação são ‘ingredientes’ do novo festival “Soil to Soul”, em Alandroal (Évora), este fim-de-semana, com um alerta para a importância da regeneração dos solos para uma alimentação saudável e um futuro sustentável.

O evento, que decorre este sábado e domingo, no Castelo da vila de Alandroal, é promovido pela câmara municipal deste concelho alentejano e pela equipa do projeto “Soil to Soul”, de Zurique, na Suíça.

O festival “Soil to Soul Alandroal – Somos o que comemos” junta gastronomia, música e muita animação, reunindo chefes, produtores e artistas, numa iniciativa de sensibilização para a conservação dos recursos naturais, sociais e culturais.

O projeto suíço tem como objetivo “promover a importância da regeneração dos solos para uma alimentação saudável, como base para um futuro sustentável”, e este é o conceito que vai ser apresentado no festival no Alentejo, de acesso gratuito.

O programa está ‘recheado’ de arte, atividades culturais, gastronomia e música, com dois concertos com nomes nacionais agendados, um em cada dia do festival, a cargo da banda Best Youth e do músico de pop analógica Benjamim.

Os chefes de cozinha Marlene Vieira, Lídia Brás, Jóssara Martins, João Sá, Vitor Adão e Mateus Freire também marcam presença no evento, coordenados por José Júlio Vintém e Paulo Amado.

O festival conta ainda com artesãos da região e vários oradores, para discussão de temas relacionados com o conceito da iniciativa, de preservação da natureza e promoção de práticas de alimentação saudáveis.

A sessão de abertura ocorreu, na manhã deste sábado, com a presença do presidente da Câmara Municipal de Alandroal, João Grilo, do Deputado na Assembleia da República e presidente da Comissão Parlamentar de Agricultura, Pedro do Carmo, de João Cavaleiro Ferreira, da Turismo Alentejo, de David de Brito, do projeto Soil to Soul e ainda do Chef José Julio Vintém, entre outas entidades locais e regionais.

Fique de seguida com as imagens da inauguração, numa reportagem de Hugo Calado: