Domingo, Outubro 1, 2023
Pub

‘Ajuda em Ação’ lança projeto educativo em Portalegre

Mais notícias

A Fundação Ajuda em Ação anuncia hoje o lançamento do projeto educativo Acrescent’Arte, em parceria com o Agrupamento de Escolas José Régio, a Escola Secundária de São Lourenço e a Escola Musical Euterpe, em Portalegre.

Este novo projeto, com um financiamento de 14.000€, procura desenvolver um programa educativo a favor dos Direitos da Criança, da Educação para o Desenvolvimento e da Equidade Educativa. Neste sentido, estas instituições irão cooperar para a integração e crescente qualificação das aprendizagens realizadas na escola, das crianças em maior risco de exclusão.

O Plano de Ações no âmbito deste projeto está estabelecido para o período de 12 meses, sendo que as atividades previstas variam consoante a instituição de ensino. No entanto, todas as atividades são variadas e têm como objetivo contribuir para o desenvolvimento artístico, físico e mental dos alunos, bem como estimular nos alunos o gosto pelas artes e cultura. Algumas destas atividades são compostas por Oficinas de Leitura e Escrita Criativa, Oficinas de Dança, Expressão Dramática, Visitas Culturais, uma Exposição/Festival de Banda Desenhada e visitas de artistas convidados.

No que respeita à Sociedade Musical de Euterpe, aqui o objetivo passa por apoiar a escola de música na aquisição de novos instrumentos musicais, visando a melhoria técnica e artística, por forma a dar melhores condições aos seus alunos.

Estamos muito felizes por trazermos um novo projeto educativo para o interior, nomeadamente, para as duas escolas integradas no Município de Portalegre. Este é mais um projeto que desenvolvemos, a par do projeto “A minha escola é cool” que desenvolvemos com o Agrupamento de Escolas de Camarate, que tem como objetivo combater a exclusão escolar e promover a equidade educativa. Portalegre permite-nos potenciar sinergias entre Portugal e Espanha, além de que é uma região onde existe uma grande vulnerabilidade social, que coloca em risco de inclusão plena diferentes grupos educativos,” afirma Mário Baudouin, Diretor Nacional da Ajuda em Ação, adicionando que a fundação pretende “com este projeto e com os nossos parceiros garantir que todas as crianças e jovens tenham acesso às aprendizagens que lhe permitam concluir a escolaridade com os conhecimentos, competências, atitudes e comportamentos necessários à vida em sociedade, recorrendo à cultura e à arte”.

Ana Rute Sanguinho, Diretora da Escola José Régio, considera que a “parceria estabelecida com a Ajuda em Ação, em articulação com o Plano Nacional das Artes, abre portas no acesso dos alunos à cultura e à arte, num concelho do interior longe de tudo e esquecido por muitos”. O grande objetivo da fundação na promoção da equidade educativa, através de um sistema educativo inclusivo, que garanta a criação de condições de adaptabilidade e sentimento de pertença dos estudantes em relação à escola e à sua aprendizagem, assenta na missão do Agrupamento de forma perfeita e exemplar. “Com este projeto, já foi possível levar, com o apoio a alunos com dificuldades financeiras, os atuais alunos do 2º ciclo do ensino básico a duas exposições de importante relevo em Lisboa e Amadora”, explica a diretora.

O plano para o terceiro período do ano letivo assenta em levar artistas de renome consagrado e dispostos a dinamizar ateliers artísticos na sua respetiva área, em interação com a esmagadora maioria dos alunos deste Agrupamento.

- Advertisement -

Mais notícias

- Advertisement -
- Pub -

Outras noticias

Empresas portuguesas do setor agroalimentar vão participar em evento com congéneres argentinas   

A Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa (CCIP) e o Ministério dos Negócios Estrangeiros Argentino anunciaram que estão a...