Acordo entre China e União Europeia dá proteção aos Vinhos do Alentejo a partir de 2021

Vinhos do Alentejo

Foi assinado, esta semana, um acordo entre a União Europeia e a China sobre proteção das Indicações Geográficas (IG), cuja entrada em vigor está prevista para o início de 2021.

De acordo com a informação disponibilizada pelo Governo, este Acordo confere proteção a 100 Indicações Geográficas europeias e a 100 Indicações Geográficas da China.

Entre as Indicações Geográficas europeias protegidas encontram-se 6 IG portuguesas: Pêra Rocha do Oeste, Vinhos do Alentejo, Dão e Douro, Porto e Vinho Verde. Nos quatro anos após a entrada em vigor do Acordo, a proteção alargar-se-á a mais 175 Indicações Geográficas europeias, incluindo 7 portuguesas: Azeites de Moura, Trás-os-Montes, Alentejo Interior, Presunto de Barrancos/Paleta de Barrancos, Queijo S. Jorge, Vinho da Bairrada e Vinho da Madeira.

Do Acordo resultarão benefícios recíprocos, decorrentes de um elevado nível de proteção das Indicações Geográficas e da garantia de que os consumidores terão acesso a produtos de qualidade certificada, aspetos que Portugal muito valoriza e para os quais tem trabalhado no quadro do comércio internacional.

O potencial do mercado da China e o facto de este país ser o segundo destino para as exportações de produtos protegidos com Indicações Geográficas da UE reforça naturalmente a importância do Acordo.